Publicado em 24/03/2020
Atualizado em 25/03/2020

Tem que vacinar

Fique atento às datas para cada público da campanha de vacinação contra a gripe e, se fizer parte de um deles, não deixe de tomar a vacina

Nessa semana, em todo o país, começou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira etapa, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde, você deve ficar atento ao calendário no seu estado. A ação foi antecipada neste ano para ajudar na identificação de pacientes com coronavírus - a imunização não tem eficácia contra o vírus, mas como os sintomas da doença são parecidos com os da gripe, a medida facilita os diagnósticos por exclusão.

Leia também:
>> Ações simples podem evitar a contaminação do novo coronavírus
>> Confira algumas dicas de como manter-se equilibrado e com a mente sã nesse momento de quarentena

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento. A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.​


Em função da pandemia, todos devem tomar cuidados especiais. Confira algumas precauções:​

 

  • Evite ao máximo aglomerações e horários de maior movimento;​
  • Procure saber sobre atendimento especial e domiciliar para idosos acima de 80 anos, de acordo com a política divulgada por cada município;​
  • Reforce os cuidados com a higiene na rua e ao chegar em casa, incluindo higienizar as mãos e retirar sapatos na porta.​
  • Na fila, as pessoas devem guardar distância de 2 metros umas das outras e evite conversar;
  • Não aproveite a ida para vacinação para fazer outras atividades​;
  • Idosos que necessitam ir acompanhados, devem escolher apenas 1 pessoa;
  • Evite levar crianças aos postos de vacinação (a não ser no momento em que devam ser vacinados), em especial para não expor os idosos.

 

Para mais informações, ligue para 136 ou busque informações na secretaria de saúde da sua cidade. 

 

Mesmo à distância, o Sesc vai ficar a seu lado neste período, com muitas informações e orientações. Siga a gente:

 

 

 

 





O Sesc no Brasil