Iniciativas

O Sesc em Mapas

No contexto de avanços na utilização do georreferenciamento, o conhecimento preciso sobre a localização do Sesc, sua atuação e relacionamentos (com pessoas, empresas, poder público, organizações, vias de acesso, meios de transporte, áreas de lazer, acidentes geográficos, patrimônios naturais, artísticos ou culturais, etc.) tem grande importância para o planejamento e a gestão da Entidade.
Por meio do SIT - Sistema de Informações dos Territórios – o Sesc é capaz de produzir, armazenar, processar, analisar e representar inúmeras informações sobre o espaço geográfico, tendo como produto final mapas temáticos, imagens de satélites, cartas topográficas, gráficos e tabelas. Esses produtos são importantes para a análise de evoluções espaciais e temporais de um fenômeno geográfico e as inter-relações dos diferentes fenômenos espaciais.

 

Ecos – Programa de Sustentabilidade

Com base no compromisso que as instituições vêm adquirindo a respeito de seus passivos socioambientais, é fundamental a implementação de ações que induzam a mudança de pensamentos, paradigmas, posturas e procedimentos internos, preconizados pelo desenvolvimento economicamente viável, socialmente justo e ecologicamente correto.
Foi para iniciar esse processo de mudança que, em março de 2010, surgiu o Ecos – Programa de Sustentabilidade. O programa, direcionado ao público interno da CNC, Federações, Sesc e Senac, consiste em um conjunto de ações planejadas e checadas continuamente, para conscientização dos funcionários, otimização dos recursos e mitigação dos impactos socioambientais relacionados às atividades destas organizações.

 

Sesc na Rede de Inovação e Criatividade

A Rede de Inovação e Criatividade apresenta-se como um movimento integrador de outras redes, profissionais, ativistas e iniciativas sociais voltado para a transformação da educação em seus diversos campos – escolar, comunitária, ambiental, na saúde, na cultura. 
Esta rede se orienta por uma perspectiva humanista que exige a transformação do atual modelo, reconhecendo que a educação não se reduz à escola, o processo educativo não é sinônimo de escolarização. As pessoas aprendem e se desenvolvem ao longo da vida toda, com as outras pessoas com quem convivem, nos lugares que frequentam, nas organizações de que participam.
As propostas de transformação da educação afirmam a democracia, a integralidade do processo educativo, o compromisso com o contexto sociocultural, a sustentabilidade como perspectiva de futuro.
A integração do Sesc à Rede de Inovação e Criatividade se baseia no mapeamento das suas iniciativas inovadoras, e visa identificar e difundir o potencial inovador, criativo e mobilizador de boas práticas e estimular a sua multiplicação.