Pequenas violências-silenciosas e cotidianas Drama / 14 anos / 55 min

O texto parte de um fato corriqueiro e aparentemente sem maior gravidade: um atropelamento no qual não há vitimas fatais. A partir do olhar de diferentes testemunhas desse acidente a trama evolui como um quebra-cabeça, e acaba revelando que por detrás desse acontecimento “banal” algo mais terrível está para ocorrer. O texto foi vencedor em 2011 do Prêmio de Dramaturgia Ivo Bender da Prefeitura de Porto Alegre e do Instituto Goethe. Em 2014 recebeu o Prêmio Açorianos de Melhor Dramaturgia e os Prêmios Braskem de Melhor Espetáculo e Melhor ator no 21º Porto Alegre em Cena. 

Texto e direção: Fernando Kike Barbosa
Elenco: Cassiano Ranzolin, Janaina Pelizzon, Liane Venturella, Rafael Guerra e Rodrigo Mello
Figurino: Coca Serpa
Iluminação: O Grupo
Trilha sonora original: Paulo Arenhart
Fotografia: Vilmar Carvalho
Programação visual: Ariel Aguiar