Dúplice Dança / Livre / 55 minutos

A cena bruta, a lida, a luta. Do encontro de um bailarino-ator com um ator-bailarino surgem dois mercadores vendendo a mesma cena, dois artistas cênicos representando uma mesma mercadoria, dois pólos antagônicos e interdependentes. Com parco aparato tecnológico, a trama se desvela sustentada pela cumplicidade e o diálogo corporal, num jogo físico e rítmico, cênico e sonoro, alternando sons e silêncios, movimentos e pausas, ininterruptamente. Duas pessoas distintas, dois únicos. Frente a frente, lado a lado, ora duo ora duelo. Um e outro, você e outro você, você e você mesmo. Dobrado, fingido, forjado. Dúplice.

Autores-intérpretes: Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha
Trilha sonora: Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha
Direção: Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha
Concepção de luz: Rodrigo Assis
Colaboração artística: Erica Bearlz, Ernesto Gadelha e Valéria Braga
Fotos: Layza Vasconcelos e Raoni Gondim
Iluminotécnica: David Galvão
Direção de produção: Rodrigo Cruz