O SESC e a Fundação Perseu Abramo finalizaram neste mês de fevereiro a pesquisa "Mulheres brasileiras e gênero nos espaços público e privado". Iniciada em agosto de 2010, o material atualiza e amplia pesquisa similar realizada em 2001. O estudo é composto de temas como a Percepção de Ser Mulher: Feminismo e Machismo; Divisão Sexual do Trabalho e Tempo Livre; Corpo, Mídia e Sexualidade; Saúde Reprodutiva e Aborto; Violência Doméstica e Democracia, Mulher e Política.

Um destaque neste estudo é que, além da opinião feminina, foram coletados depoimentos masculinos. Ao todo foram ouvidas 2.365 mulheres e 1.181 homens, com mais de 15 anos de idade, de 25 unidades da federação. O levantamento incluiu 176 municípios na amostra feminina e 104 na masculina. A margem de erro da pesquisa é entre 2 e 4 pontos percentuais para mulheres e entre 3 e 4 pontos para os homens, em ambos o intervalo de confiança é de 95%.