O Convida

Em função do contexto de mudanças de comportamento social causadas pela pandemia de Covid-19, o Sesc acredita que a manutenção das atividades culturais pode contribuir para o bem-estar social e a qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, de seus familiares e da sociedade em geral. Além disso, entente a importância de contribuir para o fomento da economia criativa no Brasil neste momento em que a área sofreu profundamente os impactos causados pela atual realidade. Por meio do incentivo à pesquisa e à produção nas diversas manifestações artísticas, culturais, da memória e do patrimônio cultural brasileiro, reafirmando o papel inovador e propositivo da Instituição na promoção de ações para o desenvolvimento humano e social, o Sesc Cultura ConVIDA! selecionou 470 propostas de todo o Brasil nas áreas de arte educação, artes cênicas, artes visuais, audiovisual, biblioteca/literatura, música e patrimônio cultural para serem transmitidas e distribuídas nesta plataforma.

 

Toda a operacionalização do Sesc Cultura Convida respeita as medidas de isolamento em vigor, desde a execução das propostas pelos proponentes até a sua veiculação virtual. São 36 categorias, divididos em oito segmentos: Arte Educação; Arte, Cultura e Vida; Artes Cênicas; Artes Visuais; Audiovisual; Biblioteca/Literatura; Música e Patrimônio Cultural; que irão gerar vídeos, podcats e lives.

 

Acompanhe as programações aqui no site, no canal www.youtube.com/SescBrasil e no Spotify https://bit.ly/SescConVIDA
 

PODCAST

Debates sobre as práticas, conceitos e questões da área da produção cultural no Brasil em formato de audiopalestra, audioatividade, debates ou entrevistas.
 

GRAVANDO EM CASA

Oficinas de produção audiovisual, com dicas e truques para aumentar a qualidade das produções caseiras, realizadas principalmente em período de distanciamento social. Gravação e edição de vídeo, áudio, iluminação, colagem, stop motion e iluminação para bonecos e marionetes são os temas que serão abordados em 5 edições.
 

CURTAS DE QUARENTENA

Lançamento de 25 obras audiovisuais em curta-metragem, nas técnicas live-action e animação, que se desdobram para ficções e documentários que abordam temas sobre o período de quarentena. Por meio dos seus recortes, permeiam reflexões sobre múltiplos aspectos da vida durante a Pandemia da Covid-19.  
 

VIDEOCLIPE 

Lançamento de 30 vídeos musicais, que apresentam diferentes ritmos, estilos e o potencial da música contemporânea brasileira de todos as regiões do país.   
 

ARTE EDUCAÇÃO EM DEBATE

Debates sobre questões de etnicidades, descolonização da arte e mediação para juventudes mediados por pessoas envolvidas no campo da arte, cultura e educação, com foco na mediação cultural como ferramenta de ação educativa.

 

DIÁLOGOS SOBRE DESCOLONIZAÇÃO DA ARTE

Os Diálogos sobre descolonização da arte articulam debates sobre práticas educativas descolonizadoras para o exercício da mediação cultural em arte educação. Esses debates serão mediados por artistas, pesquisadores e educadores que atuam no campo educativo-cultural e/ou artístico-pedagógico da área.

 

CONVERSAS SOBRE ETNICIDADES

Conversas sobre etnicidades tratará da realização de conversa sobre as perspectivas educativas e culturais com pessoas indígenas e negras brasileiras.

 

PAPO JOVEM PARA JUVENTUDES

Papo jovem para juventudes tem foco em apresentações de ações e práticas de mediação cultural para juventudes. Aqui teremos a participação de artistas, pesquisadores, educadores e lideranças jovens de 18 a 29 anos que atuam no campo da arte, da cultura e da educação. Levando em conta uma perspectiva de seleção interseccional e compreendendo que é por meio da cultura que os grupos se expressam, se identificam, se diferenciam e se afirmam, alguns pontos são pertinentes de informação.

 

LÍRICAS FEMININAS

Apresentação de 48 artistas compositoras. A questão central é a importância da mulher no desenvolvimento da música brasileira.   
 

MÚSICA BRASILEIRA DE CONCERTO

Apresentação de 25 concertistas que apresentarão música brasileira de concerto.   
 

MÚSICA PARA CRIANÇAS

Atividades musicais lúdicas para pais e filhos.   
 

PERFORMANCES VISUAIS

Performances Visuais é uma categoria que tem na experimentação e no hibridismo entre as linguagens artísticas sua principais características. Por meio da articulação entre a performance e o audiovisual e entendendo a performatividade do corpo de modo expandido nas diversas áreas de conhecimento como Literatura, Artes Visuais, Música e Artes Cênicas, tem como objetivo desafiar artistas e públicos a entrecruzar imaginários, conceitos e campos artísticos de modo inovador e instigante".  
 

OFICINA DE ARTES VISUAIS

Oficinas sobre conteúdos relacionados ao desenvolvimento de habilidades nas artes visuais.   
 

CONVERSAS VISUAIS

Artistas visuais comentam seus processos poéticos autorais.   
 

MEDIAÇÕES EM ARTES VISUAIS

  Profissionais das artes visuais conversam sobre métodos e processos de trabalho em exposições, poéticas, movimentos artísticos, períodos históricos, territórios, obras de arte e temas da linguagem.   
 

ENCONTROS LITERÁRIOS

Debates envolvendo diferentes artistas da palavra, em forma de diálogos que retratam a diversidade de dicções, pesquisas e práticas de leitura e escrita no país hoje. Seja nas manifestações de oralidades, movimento que vem democratizando as expressões estéticas de estratos sociais tradicionalmente excluídos do sistema literário brasileiro, seja na investigação de métodos de publicação paralelos ao grande mercado editorial, os Encontros Literários apresentam 24 artistas cuja brasilidade e qualidade instigam a reflexão e a necessidade de reinventar o mundo pela forma simbólica da palavra.     
 

OFICINA CONTANDO HISTÓRIAS PARA BEBÊS

  As oficinas apresentam métodos e exercícios para que mães, pais e demais responsáveis contem histórias para bebês de 0 a 3 anos. Considerando a capacidade inata do ser humano para recepção de histórias, as dinâmicas oferecem um instrumental para que as práticas leitoras sejam realizadas desde o berço, despertando nas crianças o gosto pela narratividade na primeira infância, etapa de grande desenvolvimento cognitivo.      
 

NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS

Apresentação de espetáculos de narração de histórias voltadas para crianças de 4 a 9 anos. O recorte para essa faixa etária considera elementos da cultura nacional, valorizando a pluralidade regional e diversidade estética. As técnicas adotadas são compostas por estratégias lúdicas para estimular que a obra seja explorada para além do momento de narração. Desse modo, as crianças são estimuladas a recontar histórias utilizando elementos presentes nos próprios domicílios, ampliando a experiência de contar e recontar histórias.
 

CONVERSAÇÕES

Debates sobre as artes cênicas ao vivo com participação do público.
 

CENA EM DEBATE

Apresentação comentada de obra ou processos criativos de circo, dança ou teatro.
 

CIRCOLAR

Oficinas de práticas circenses para infância com atividades a serem realizadas ao vivo com participação do público.
 

OFICINA DE ARTES CÊNICAS

Oficinas práticas e teóricas de circo, dança e teatro com atividades ao vivo.
 

OFICINA DE ARTES CÊNICAS PARA INFÂNCIA

Oficinas práticas e teóricas de circo, dança e teatro com atividades a serem realizadas ao vivo com participação do público.
 

PATRIMÔNIO CULTURAL EM DEBATE

Debates de temas relacionados à formação da cultura brasileira, por meio de suas memórias com profissionais das áreas de História, Memória Social, Antropologia, Museologia e Patrimônio Cultural, Mestres, artistas da cultura popular e pesquisadores.
 

OFICINAS DE PATRIMÔNIO CULTURAL

Ações formativas voltadas para a transmissão de conhecimentos técnicos e saberes tradicionais ligados à memória, à museologia e ao patrimônio cultural brasileiro. 
 

VIVÊNCIAS EM PATRIMÔNIO CULTURAL

Formas de viver e se expressar de diversos grupos que, em sua riqueza e complexidade, compõem a diversidade cultural brasileira, como representantes de etnias indígenas, quilombolas, grupos identitários, como LGBTQIA+, refugiados e imigrantes, entre outros.

 

----
Os pontos de vista expressos nos vídeos são de responsabilidade exclusiva de seus autores, e não representam necessariamente a opinião do Sesc.