A pesquisa

A Cultura ocupa um significativo espaço em qualquer discussão sobre a sociedade brasileira. Ela está presente nos debates sobre a formação histórica do país e nas mais diferentes abordagens da atualidade. Por vezes é responsabilizada pela diversidade de manifestações e em outros setores carece de análise.

Por seus vários significados e amplo espectro de ramificações sociais, a Cultura é um tema que desperta inúmeras hipóteses e especulações mas carece de dados objetivos, sobre o sua produção e consumo.

A pesquisa Públicos de Cultura teve como propósito produzir uma ampla investigação sobre os hábitos e práticas culturais do público brasileiro. É uma sondagem nacional sobre as escolhas, comportamento e acesso que pode alimentar as discussões sobre o tema.

Públicos de Cultura é uma pesquisa realizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Fundação Perseu Abramo por meio de 2 mil e quatrocentas entrevistas em 139 municípios.

Com os dados coletados em 25 estados, o Sesc e a Fundação Perseu Abramo pretendem municiar pesquisadores, produtores culturais e estudantes com um significante número de dados que permitam a reflexão e intervenção nas suas áreas de atuação.


Ficha técnica

UNIVERSO

População brasileira (16 anos e mais), residente nas áreas urbanas.


TÉCNICA

Survey nacional. Amostragem probabilística nos primeiros estágios (sorteio

dos municípios, dos setores censitários, dos quarteirões e dos domicílios), combinada
com controle de cotas de sexo e idade para a seleção dos indivíduos (estágio final).

AMOSTRA

2.400 entrevistas, com distribuição geográfica em 139 municípios em área

urbana de 25 estados, das cinco regiões que compõem o país (Sudeste, Nordeste, Sul,
Norte e Centro-Oeste), estratificada por localização do domicílio (capitais, regiões
metropolitanas e interior) e pelo porte dos municípios (divisão em tercis regionais:
pequenos, médios e grandes)

ABORDAGEM

Aplicação de questionário estruturado em entrevistas pessoais e

domiciliares (tempo médio de 45 minutos/ entrevista). A amostra foi dividida em duas
sub-amostras espelhadas, aplicando-se a cada uma um questionário específico (A ou
B), sendo parte das perguntas comum a ambos, outra parte com perguntas diferentes.

MARGENS DE ERRO

Até ± 2 pontos percentuais para os resultados com o total da

amostra, até ± 3 p.p. para os resultados das perguntas apenas nas sub-amostras,
ambas com intervalo de confiança de 95%.

DATA DO CAMPO

Coleta dos dados de 31 de agosto a 8 de setembro de 2013.