Acessibilidade
Acessibilidade: Aa Aa Aa
13 de julho de 2022

Por Jose Carlos Cirilo, diretor-geral interino do Departamento Nacional do Sesc

 

Lutar contra esta realidade tem caráter de urgência e é preciso que toda a sociedade esteja engajada. Se por um lado a pandemia de covid-19 contribuiu com o triste legado do aumento da fome, por outro mostrou o quanto podemos ser solidários em momentos de crise.

 

Acabar com a fome e a má nutrição até 2030 é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) criados pela Organização das Nações Unidas (ONU). A ideia é garantir que todas as pessoas, em especial as crianças, tenham acesso a alimentos nutritivos e uma vida de qualidade. A oito anos dessa data limite, nos deparamos com o registro de uma taxa de insegurança alimentar no país maior que a média global, de 35%.

Segundo dados do Instituto Gallup, no Brasil essa taxa saltou de 17% em 2014 para 36% no final de 2021, patamar recorde. O levantamento constatou que 45% dos entrevistados atingidos pela fome durante 2021 tinham entre 30 e 49 anos. Mais recentemente, um levantamento realizado entre novembro de 2021 e abril de 2022 pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar indicou 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer diariamente e mais da metade da população em situação de insegurança alimentar, ou seja, sem acesso regular e permanente a alimentos.

Essa mesma constatação foi feita por pesquisa do instituto Datafolha, em junho, quando 26% dos entrevistados declararam que a comida disponível para eles é abaixo do suficiente.

Lutar contra esta realidade tem caráter de urgência e é preciso que toda a sociedade esteja engajada. Se por um lado a pandemia de covid-19 contribuiu com o triste legado do aumento da fome, por outro mostrou o quanto podemos ser solidários em momentos de crise. Prova disso são os resultados registrados pelo Mesa Brasil Sesc, rede nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício. Criada em 1994, a iniciativa do Sistema CNC-Sesc-Senac está presente em todos os estados do país, é formada por mais de 3,7 mil parceiros doadores e diariamente leva comida de onde sobra para quem mais precisa.

O programa bateu recorde de arrecadação em 2021 e 2022, com 52 milhões de quilos de alimentos doados em cada ano. É comida que chegou à mesa de mais de 3 milhões de pessoas em todo o país. Graças a parceiros espalhados por todo o país, como produtores rurais, atacadistas e varejistas, centrais de distribuição e abastecimento, indústrias de alimentos, além de empresas de diversos ramos de atividade, é possível amparar os mais vulneráveis.

Cerca de 3 milhões de pessoas foram atendidas todos os meses em 2021

Segundo dados da ONU, somente o Brasil desperdiça cerca de 27 milhões de toneladas de alimentos por ano. Quem mais perde são as famílias menos abastadas que poderiam ampliar seu acesso a uma alimentação com alto valor nutricional, mas que, pela cultura do desperdício, acaba indo para o lixo.

O desperdício em geral é de produtos próprios para o consumo, que se perdem no manuseio, no transporte, ou simplesmente estão fora dos padrões estéticos para a venda nos mercados. Nós, como sociedade, precisamos atuar e fazer diferente.

O Mesa Brasil Sesc foi criado para combater o desperdício e não deixar esses produtos se perderem. A rede formada pelo programa une os mais de 3 mil parceiros que doam seus excedentes de produção a 7.300 entidades. Essas, por sua vez, assistem milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade com a entrega de refeições. São instituições de longa permanência, creches comunitárias, instituições de acolhimento a idosos, crianças, adultos, dependentes químicos, pessoas em situação de rua e outros públicos necessitados de atenção.

Notícias Relacionadas:

III Seminário Sesc Etnicidades promove o protagonismo de indígenas e negros

Evento ocorre em São Paulo, de 10 a 12 de agosto    “Quando eu penso no f...

Corridas do Sesc movimentam atletas em todo o país

Circuito oferece diferentes distâncias aos atletas As corridas de rua volt...

Bookface Friday no Sesc

Campanha estimula a interação com livros A Bookface Friday é uma iniciativ...

Sesc promove encontros para debater inovação digital em suas unidades escolares

Lives acontecem no canal do Youtube da Instituição Uma das formas ...

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Utilizamos cookies em nosso site para trazer uma melhor experiência aos visitantes. Para mais detalhes, leia nosso Termo de Privacidade e Dados Pessoais.

Font Resize
Contraste