Acessibilidade
Acessibilidade: Aa Aa Aa
27 de janeiro de 2022

Por meio de sua atuação na área de Artes Visuais, o Sesc promove este ano uma ampla reflexão em torno da identidade brasileira e as relações entre os diferentes grupos étnicos que constituem o país. O projeto Dos Brasis: arte e pensamento negro, parte do programa Arte Sesc, com curadoria de Hélio Menezes e Igor Simões, tem a proposta de pesquisar, fomentar e difundir a produção artística, intelectual, e visual contemporâneas de artistas e pesquisadores afro-brasileiros ao evidenciar suas técnicas, histórias e correlações socioculturais, por meio, inicialmente, de uma pesquisa nacional com a participação dos técnicos de artes visuais do Sesc no país. O evento de lançamento será realizado no Teatro Sesc-Senac Pelourinho, em Salvador (BA). Na ocasião, será anunciada a abertura das inscrições para seleção de pesquisadores que participarão de uma residência artística on-line.

O projeto Dos Brasis tem curadoria do professor e Doutor em Artes Visuais Igor Simões e do curador e antropólogo Hélio Menezes. Durante o evento de lançamento, eles apresentam a metodologia de pesquisa do projeto e conduzem uma roda de conversa com os convidados Nelma Barbosa, coordenadora geral da rede de Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do Instituto Federal Baiano, e Ayrson Heráclito, artista, curador, pesquisador e professor da Universidade Federal do Recôncavo Baiano.

Além da residência artística, que tratará temas como Curadoria e Raça na Arte Brasileira, Os educativos como plataforma de pensamento sobre arte e racialização, e Mulheres Negras e Arte Contemporânea Brasileira, o projeto Dos Brasis prevê uma exposição coletiva com obras de artistas visuais originários de todos os estados, em 2023, materiais educativos voltados à formação de educadores e representativo de experiências educacionais de todo o país; e uma publicação com o resultado das pesquisas em cada unidade da federação vinculada ao projeto.

Na residência, serão realizados ao longo do ano encontros com tutoria para os participantes, cujo percurso profissional se relacione com os temas propostos pela exposição, como artistas, pesquisadores e educadores, e aulas abertas ao público. A ação é uma estratégia para ampliar o debate em torno do tema por meio de grupos de estudo entre nomes que tecem a curadoria e o pensamento negro em artes visuais, instituindo espaços de compartilhamento e referências a partir da criação poética, crítica e educativa.

Futuramente, a exposição desenvolvida no projeto Dos Brasis integrará o circuito de exposições do Sesc e deve circular pelas mais de 60 galerias que compõem a Rede Sesc de Artes Visuais por meio do Arte Sesc.

 

Notícias Relacionadas:

Eu mereço ser feliz 

Não é de finitude que trata o envelhecer, mas da liberdade de se fazer imen...

Diversidade brasileira no Salão Nacional do Turismo 

Sesc levou atrações culturais de todos os estados do país e do Distrito Fed...

Sesc inaugura Casa de Artes Cênicas em Belém

O espaço é a terceira unidade cultural do Sesc no estado, juntamente com ...

Sesc Mesa Brasil entrega doações aos Yanomami

Programa de combate a fome e ao desperdício entregou quase 1.000 kits digni...

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Utilizamos cookies em nosso site para trazer uma melhor experiência aos visitantes. Para mais detalhes, leia nosso Termo de Privacidade e Dados Pessoais.