Acessibilidade
Acessibilidade: Aa Aa Aa
10 de setembro de 2021

Programação envolve palestras, cursos e oficinas para aprofundamento do assunto

O Sesc inicia no mês de setembro uma série de atividades de Patrimônio Cultural e Memória Social. A programação busca promover um olhar crítico e reflexivo sobre a nossa sociedade e fomentar o exercício da cidadania a partir do conhecimento dos processos de formação e apropriação da memória e do patrimônio cultural brasileiro.

Entre as ações do projeto estão os Diálogos, webinares em que especialistas debatem aspectos variados do assunto; Percusos, formações gratuitas e online para reflexão e capacitação do público nos usos da memória e do patrimônio, e Vivências, uma websérie que vai levar ao público história, patrimônio e cultura de diversas regiões do país. Saiba mais:

 

Percursos

Entre as primeiras iniciativas estão a realização de dois cursos que abordarão os temas: “Memória, Patrimônio e Cidadania Cultural” e “Decolonialidade e memória: reconstruir o passado, inventar o futuro”. Os encontros irão destacar, sobretudo, a influência na reinterpretação social e como novos olhares históricos podem ser construídos, tendo como elemento fundamental a diversidade cultural e o patrimônio brasileiro. Os cursos serão online, gratuitos e terão a duração de quatro semanas.

 Curso 2: Memórias Insurgentes: Contrapedagogias Para Adiar o Fim do Mundo

O curso, voltado para interessados em memória, coleções e história, pretende discutir as implicações éticas, materiais, discursivas e simbólicas da colonialidade no trato com o patrimônio, sobretudo com o patrimônio de populações historicamente subalternizadas. Nos interessa também compreender as tecnologias contemporâneas como dispositivos para ler o patrimônio sob novas perspectivas, o que inclui a crítica ao modelo tecnoutópico e acrítico da preservação digital sem considerar as dimensões racializadas em torno de quem produz e maneja essas tecnologias.

Confira a ementa do curso aqui:

Inscreva-se para a realização do curso aqui:

E-mail de contato em caso de dúvidas: memoriaepatrimonio@sesc.com.br

 

 

Curso Memória, Patrimônio e Cidadania Cultural aconteceu em outubro e novembro

O curso Memória, Patrimônio e Cidadania Cultural foi um espaço virtual de formação dedicado à gestão comunitária da memória e aos usos do patrimônio cultural para os processos de transformação social e promoção dos direitos culturais. Assim, o curso pretende estimular sujeitos, comunidades e instituições para o reconhecimento, o registro, à valorização e preservação dos seus bens culturais, mediante a construção de saberes e a tomada de iniciativas. Em breve publicaremos aqui as aulas do curso.

 

Diálogos

Webinares ao vivo que abordarão questões sociais contemporâneas, em suas variadas dimensões. As transmissões acontecem no canal do Youtube do Sesc (www.youtube.com/user/SescBrasil) com a presença de especialistas de diversas áreas e pontos de vista. A primeira live acontece em 23 de setembro, a partir das 19h:

Os patrimônios culturais e a formação de memória coletiva podem ser compreendidos como um conjunto de bens materiais e/ou imateriais que contam a história de um povo. Eles possuem um importante papel na formação da identidade de uma sociedade. Portanto, precisamos construir medidas para melhor conservação tanto do patrimônio, como garantias legais de desenvolvimento da memória social. Neste webinar, o diretor do Museu Nacional, Mario Chagas, a gestora cultural do ICOM Brasil, Nicole Costa, e a mãe Nilce Maria, do Ilê Omolú e Oxum / Renafro, discutem o tema.

Em 21 de outubro, teremos a conversa sobre arte e memória, por meio do webinar “A memória é uma Ilha de Edição”. A arte, como produção humana, sempre ocupou um lugar privilegiado na construção de imaginários. Por outro lado, é também por meio da arte que se tem buscado representar memórias apagadas ou invisibilizadas. Neste episódio da série Diálogos, o fotógrafo, educador e artista Miguel Chikaoka, a artista visual Aline Motta e a professora, crítica de arte e curadora Fabrícia Jordão discutem os (des)limites da arte e da imagem técnica na produção e resgate da memória.

No dia 28 de outubro, abordaremos sobre como a cultura e o território influenciam na memória.

Em 4 de novembro, buscaremos  falar do caráter histórico e social das concepções baseadas nas percepções das diferenças sexuais e dos papéis designados para homens e mulheres na sociedade. Neste debate, o professor de Direito Renan Quinalha, a pesquisadora Geni Nuñes e a feminista Francilene Cardoso discutem as relações de gênero na sociedade brasileira e a importância das políicas públicas para a diversidade.

No último debate do ciclo Diálogos, em 25 de novembro, o gestor cultural, pesquisador e liderança indígena Gasodá Suruí, a pesquisadora e liderança quilombola Givãnia Silva, e o professor e pesquisador Delton Felipe, discutem as os avanços, desafios e as estratégias traçadas por essas populações no campo das políticas culturais.

Notícias Relacionadas:

Sesc Paraty retoma atividades presenciais

Exposições fotográficas e exibição de filmes compõem a programação Duas ...

Na Real

Programação de encerramento do projeto apresenta webinar e o resultado do t...

Inscrições abertas para etapa virtual do Circuito Sesc de Corridas

A renda obtida será revertida para o programa Mesa Brasil Sesc. Inscrições ...

Festival Mirada em programação híbrida

Ocupação Mirada 2021 conta com sessões presenciais e atrações online ...

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Utilizamos cookies em nosso site para trazer uma melhor experiência aos visitantes. Para mais detalhes, leia nosso Termo de Privacidade e Dados Pessoais.

Font Resize
Contraste