Acessibilidade
Acessibilidade: Aa Aa Aa
19 de dezembro de 2023

Artigo de Janaina Cunha – Diretora de Programas Sociais do Departamento Nacional do Sesc

Não é de finitude que trata o envelhecer, mas da liberdade de se fazer imenso a cada dia. Desobrigar-se da rotina, a menos que ela lhe seja satisfatória. Caminhar a passos lentos, ou apressados, conforme sua conveniência. Revisitar Cem Anos de Solidão, de García Marquez, ou Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, sem a pretensão dos intelectuais. Ou se debruçar sobre os livros de capa dura de Machado de Assis, ainda que um ou outro verbo lhe escape.

O passar do tempo renova o sabor dos feitos, cria atalhos para afetos negligenciados e enche de significados lembranças sem qualquer urgência, mas que provocam aquele riso de canto de boca ao trazer para o agora paixões de outras tantas primaveras. Recria travessuras. E já não importa se foram vividas, ou sonhadas, ou ainda rabiscadas num pedaço de guardanapo fuleiro do bar da esquina em alguma madrugada. Envelhecer é ver o mar. E ter a certeza de que nenhum amor foi covarde o suficiente para ser esquecido. Para cada um, há um cantinho de memória.

Seu’ Joel, na exposição ‘Giganto’, em cartaz no Sesc Bertioga
Foto: Dani Sandrini

Mas se o acúmulo dos anos não é um fardo, tampouco pode ser considerado uma benesse que assegure os cuidados necessários ao viver com dignidade. Romantizar a superação da juventude é ignorar o esgotamento de uma estrutura social que condena física, psicológica e moralmente quem já não se enquadra no pressuposto boçal dos padrões de vitalidade. O limite do tempo, há que se dizer, despeja numa espécie de calabouço um sem-número de pessoas tão lindamente prontas para o futuro – mesmo que o horizonte seja até amanhã.

Seja como for, atravessar é um privilégio. E por estas e tantas outras razões, há 60 anos o Sesc se dedica ao Trabalho Social com a Pessoa Idosa, reconhecendo nesta iniciativa oportunidade para uma atuação consistente, robusta e intensa, tendo como foco o estímulo ao envelhecimento saudável. E como meta a consolidação de novos paradigmas. Não para eles, mas com eles, em processo cada vez mais colaborativo, em reconhecimento à valiosa contribuição desta população para a transformação social que perseguimos como missão.

Este trabalho, iniciado em 1963, no Sesc São Paulo, hoje é praticado em todos os departamentos regionais do Sesc no país. Amparado por valores como acolhimento, pertencimento e inclusão, considera na prática as especificidades desta faixa etária, por meio de ações que em 2022 alcançou 155 municípios brasileiros e atendimento de mais de 50 mil pessoas idosas. Está entre os projetos prioritários do Sistema Comércio, que conta com a capilaridade das unidades operacionais do Sesc em todo território nacional, e instituições parceiras.

Ao longo destas seis décadas, milhares de mulheres e homens encontram no Sesc espaço para conviver. E ser feliz. Não seria verídico, nem justo, afirmar que tudo são flores nesta jornada. Afinal, dia e noite são tempos complementares, e não excludentes, do mesmo ciclo. Mas muito encantamento tem se espalhado Brasil afora, seja em aulas de dança que revigoram o movimento e os sonhos; seja em oficinas de letramento digital, poesia, literatura, artes visuais, fotografia, desenvolvimento de carreira. Bem como em rodas de conversa, circuito de corridas, viagens em grupo e tudo mais que eles sinalizem como relevante para a qualidade de vida. Envelhecer não é limite, mas a capacidade de transpor as barreiras do tempo rumo ao infinito, construindo, mesmo sem querer, imenso legado – preciosa fonte de luz e inspiração.

 

Artigo de autoria de Janaina Cunha – Diretora de Programas Sociais do Departamento Nacional do Sesc.
(Em homenagem ao querido professor Danilo Miranda, cujos olhos nunca deixarão de brilhar.)

Notícias Relacionadas:

Eu mereço ser feliz 

Artigo de Janaina Cunha - Diretora de Programas Sociais do Departamento Nac...

Diversidade brasileira no Salão Nacional do Turismo 

Sesc levou atrações culturais de todos os estados do país e do Distrito Fed...

Sesc inaugura Casa de Artes Cênicas em Belém

O espaço é a terceira unidade cultural do Sesc no estado, juntamente com ...

Sesc Mesa Brasil entrega doações aos Yanomami

Programa de combate a fome e ao desperdício entregou quase 1.000 kits digni...

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Últimas notícias

Fique por dentro dos acontecimentos e artigos mais recentes sobre o Sesc e o Brasil.

Utilizamos cookies em nosso site para trazer uma melhor experiência aos visitantes. Para mais detalhes, leia nosso Termo de Privacidade e Dados Pessoais.